­čôŹ Bras├şlia - Jornalistas foram agredidos na noite desta ter├ža-feira no Pal├ício do Itamaraty por seguran├žas do presidente venezuelano, Nicol├ís Maduro, e por agentes a servi├žo do Gabinete de Seguran├ža Institucional (GSI) da Presid├¬ncia brasileira.

  



­čôŹ Bras├şlia - Jornalistas foram agredidos na noite desta ter├ža-feira no Pal├ício do Itamaraty por seguran├žas do presidente venezuelano, Nicol├ís Maduro, e por agentes a servi├žo do Gabinete de Seguran├ža Institucional (GSI) da Presid├¬ncia brasileira.


A agress├úo ocorreu ap├│s o t├ęrmino da reuni├úo de presidentes da Am├ęrica do Sul, na sede do Minist├ęrio das Rela├ž├Áes Exteriores, em Bras├şlia.


A confus├úo come├žou durante uma entrevista de Nicol├ís Maduro. Os seguran├žas tentavam impedir a aproxima├ž├úo de profissionais da imprensa. No empurra-empurra, um seguran├ža a servi├žo do GSI deu um soco no peito da rep├│rter Delis Ortiz.


Outros jornalistas tamb├ęm foram agredidos. No tumulto, n├úo foi poss├şvel registrar imagens do momento da agress├úo.


A TV Globo afirmou que repudia o ato de viol├¬ncia contra os jornalistas, se solidariza com a rep├│rter Delis Ortiz e aguarda as provid├¬ncias a serem tomadas pelo Pal├ício do Planalto para a puni├ž├úo dos respons├íveis e para evitar que epis├│dios como este se repitam.


O Itamaraty e o GSI emitiram nota lamentando o ocorrido.


Por Portal G1

Postar um comentário

0 Comentários