Preso suspeito de matar mulher com cacos de telha por ela se recusar a fazer sexo

Um homem de 31 anos foi preso na noite da última segunda-feira, 26, suspeito de matar uma mulher em um terreno baldio no bairro Jereissati I, em Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza). Conforme decisão da audiência de custódia à qual Gledson Silva Dias foi submetido, o crime ocorreu porque a vítima não consentiu em manter relação sexual com ele.

Ainda conforme a decisão, o homem deu um golpe conhecido como “mata leão” na vítima e, em seguida, golpeou-a na região do pescoço com cacos de telha. A mulher, que ainda não foi identificada oficialmente, morreu no local do crime.

Após o homicídio, Gledson se apresentou espontaneamente à Polícia Civil. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas e colheram informações que subsidiarão as investigações.

✍🏻 O Povo
(Imagem/reprodução: Google Street View)

Postar um comentário

0 Comentários